Crescimento recorde nos imóveis

By Macodesc | Initial | Posted at 17:40
Pesquisa realizada pela Associação dos Dirigentes do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro (Ademi-RJ) mostrou crescimento recorde no setor imobiliário em 2010.

Imagem: Google Imagens

 

Pesquisa realizada pela Associação dos Dirigentes do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro (Ademi-RJ) mostrou crescimento recorde no setor imobiliário em 2010. Foi registrado 30% no último ano, chegando a mais de 19 mil unidades lançadas somente na cidade do Rio de Janeiro e de 29 mil na região metropolitana (incluindo Niterói, São Gonçalo e a Baixada Fluminense). O documento foi divulgado na sexta-feira em almoço no Jockey Clube, no centro da cidade.

O presidente da Ademi-RJ, José Conde Caldas, disse acreditar que em 2011 o número de lançamentos deve ser facilmente ultrapassado. "O Rio vai ter a democratização do espaço urbano, com lançamentos em toda a cidade, e não como acontecia no passado, com concentração apenas na Barra da Tijuca. O financiamento reduziu os juros. O momento é muito positivo. Estamos batendo recordes em cima de recordes: ano passado vendemos 20 mil unidades, esse ano vamos lançar 25 mil. Os imóveis estão sendo comprados antes do lançamento", explicou Caldas.

De acordo com o prefeito, homenageado devido às melhorias e investimentos que a Prefeitura do Rio está fazendo na cidade, o Rio passou muito tempo olhando para trás, mas foi dado um basta e a cidade agora olha para frente, para o futuro. "Exemplo disso é a maior Parceria Público Privada (PPP) que é a revitalização da Zona Portuária no valor de R$ 7,6 bilhões. Intervenções ocorrerão em uma área antes abandonada. Esse momento que o Rio de Janeiro vive é único.

O Rio tem um calendário fantástico, que inclui a Rio + 20, a Copa das Confederações 2013, a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016", disse ele. Ao falar sobre a revitalização da Zona Portuária, Caldas, destacou que esta é uma antiga aspiração dos cariocas.

Segundo ele, nas décadas de 80 e 90, várias tentativas e planos foram feitos. "Os desafios anteriores foram superados e uma nova proposta para requalificar a Zona Portuária se apresenta ainda mais ambiciosa. Está prevista a expansão imobiliária que terá um mix de prédios comerciais e residenciais e equipamentos com qualidade arquitetônica (triple A)", afirmou o presidente.

CONVÊNIO. Na ocasião, Paes assinou com a superintendente da Caixa Econômica Federal no Rio, Nelma Tavares, um termo de adesão do município ao programa Minha Casa, Minha Vida 2. A prefeitura do Rio foi a primeira do Brasil a aderir ao programa na primeira fase e seguiu o mesmo caminho na segunda fase.

Foi registrado ainda um aumento de 25% no Valor Geral de Vendas (VGV) das unidades lançadas na cidade do Rio entre 2009, que foi de R$ 3,6 bilhões, e 2010, R$ 4,5 bilhões.

Se forem levadas em conta as unidades lançadas na região metropolitana, este valor passa de R$ 5,4 bilhões em 2009, para mais de R$ 6,6 bilhões em 2010. No primeiro semestre de 2011, tivemos R$ 2,4 bilhões na cidade e R,3 bilhões na Região Metropolitana, com crescimentos de 62% e 32% sobre o primeiro semestre/10, respectivamente.

 

Fonte: Jornal do Commercio

© 2016 MACODESC Construtora e Incorporadora. All Rights Reserved - Design by Tatticas - Developed by DBlinks