A ousadia arquitetônica do Museu do Amanhã

By Macodesc | Geral | Postado às 09:57
Com um projeto que buscou inspiração na cultura carioca, o Museu do Amanhã conta com 15 mil metros quadrados que exploram a relação entre a cidade e o meio ambiente natural. É cercado por espelhos d'água, jardim, ciclovia e área de lazer, numa área total

Com um projeto que buscou inspiração na cultura carioca, o Museu do Amanhã conta com 15 mil metros quadrados que exploram a relação entre a cidade e o meio ambiente natural. É cercado por espelhos d'água, jardim, ciclovia e área de lazer, numa área total de 34,6 mil metros quadrados do Píer Mauá.


A sua arquitetura tem uma forma longilínea inspirada nas bromélias do Jardim Botânico, projetada para se integrar à paisagem ao redor e deixar visível o Mosteiro de São Bento, um dos mais importantes conjuntos barrocos do país. Segundo o autor da obra, Santiago Calatrava, "a ideia é que o edifício fosse o mais etéreo possível, quase flutuando sobre o mar, como um barco, um pássaro ou uma planta".

Além de sua arquitetura, o museu se destaca por fazer o convite a examinarmos o passado, conhecer as transformações atuais e imaginar cenários possíveis, levando em conta as oportunidades e os desafios que a humanidade terá de enfrentar nas próximas décadas, a partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência.

O Museu do Amanhã foi inaugurado em dezembro de 2015 pela Prefeitura do Rio, é um equipamento cultural da Secretaria Municipal de Cultura, que opera sob gestão do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). É um exemplo bem-sucedido de parceria entre o poder público e a iniciativa privada.

Descubra mais informações sobre o Museu do Amanhã: https://museudoamanha.org.br/

Categorias

© 2016 MACODESC Construtora e Incorporadora. All Rights Reserved - Design by Tatticas - Desenvolvido por DBlinks