Atenção ao novo valor de imóvel para uso do FGTS

By Macodesc | Inicial | Postado às 11:08
Passou de R$ 500 mil para R$ 750 mil em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal e, nos demais Estados, para R$ 650 mil
A mudança atende aos pedidos do setor de construção e dos bancos, tendo em vista que tais valores não eram reajustados desde 2009.
 
Com rendimento de 3% ao ano mais Taxa Referencial (TR), a remuneração do FGTS não chega a atingir nem a taxa de inflação do país. Dessa forma, para o comprador, a utilização desses recursos se mostra como uma vantagem para o financiamento, principalmente em cidades com imóveis mais caros.
 
Uma análise pela ótica dos vendedores, porém, mostra que as alterações não são, necessariamente, um ponto favorável ao consumidor.
 
Com o aumento do limite, construtoras podem optar por elevar ainda mais o valor dos imóveis, fazendo com que o interessado tenha que pagar mais para obter a casa ou o apartamento. Nesse caso, o benefício vai direto para construtoras ou bancos.
 
Desde que os prazos de pagamento dos financiamentos aumentaram e os juros foram reduzidos, o preço dos imóveis subiu muito. E grande parte dos compradores dá mais peso ao valor da parcela do que ao preço total do bem.
 
É preciso estar atento. Enquanto a mentalidade do consumidor estiver focada apenas no fato de a prestação caber no bolso, e não no valor final do imóvel, há risco de manutenção de preços altíssimos nesse mercado.
 
Fonte: Folha de S. Paulo.

© 2016 MACODESC Construtora e Incorporadora. All Rights Reserved - Design by Tatticas - Desenvolvido por DBlinks