​As influências da arquitetura clássica​​

By Macodesc | MACODESC SÉRIES | Postado às 18:10

Construir está no nosso DNA. Somos uma empresa que direciona esforços à oferta de praticidade, conforto, qualidade e contemporaneidade em todos os empreendimentos que levam a nossa marca. Além disso, temos a grande satisfação de fazer parte das ações que geram desenvolvimento e qualidade de vida seja construindo obras públicas ou privadas. Estudos e pesquisas fazem parte do nosso dia a dia, por isso estamos sempre inovando, buscando a excelência.

Este mês iniciamos uma série de publicações sobre os estilos arquitetônicos mais marcantes da humanidade, para dividir com você o que mais nos inspira. Boa leitura!


# 1 – Arquitetura Clássica

Falar sobre a arquitetura clássica nos remete diretamente aos templos da Grécia e Roma antigas e toda a sua grandeza. As formas artísticas aplicadas naqueles tempos das civilizações clássicas estabeleceram as bases para a estética ocidental que definem nossos gostos na música, na arte e na arquitetura até hoje. Conhecendo a arquitetura clássica um pouco melhor é bacana perceber sua influência em nossas vidas.

Publicação da study.com que aborda este tema de forma ampla e didática, e que aqui usamos como referência, trata da quase compulsão dos antigos gregos por construções e se estes edificaram muito, os romanos antigos construíram ainda mais. Os recursos definidores da arquitetura clássica, começando com os critérios para uma ótima estrutura, passam pelo fato de arquitetura ser tratada como uma das artes mais importantes para as civilizações clássicas, e estava fortemente protegida por regras rígidas. O conjunto mais básico dessas regras envolve três componentes necessários para uma ótima estrutura, conforme definido por Vitruvio, importante arquiteto romano. A tríade Vitruviana envolve solidez, utilidade e beleza, ou em latim: venustas, utilitas e firmitas.

A combinação desses três componentes criaram uma estética única que define a arquitetura clássica. Na sua definição mais básica, a estética clássica é definida por simetria, ordem racional e lógica. A arquitetura deve inspirar a ousadia, mas também a humildade, a contemplação e o intelecto - qualidades apreciadas pelas civilizações clássicas. “Então, como você faz um edifício se sentir lógico? Em uma palavra: matemática. Os gregos acreditavam que a perfeição poderia ser representada através de equações matemáticas, que depois foram traduzidas em formas arquitetônicas. Todo elemento de uma estrutura existe em relação matemática direta às outras partes. Cada parte de uma estrutura clássica está matematicamente relacionada˜, explica o artigo de Christopher Muscato, professor de história da Universidade de Northern, Colorado/EUA

Na Arquitetura Clássica, a forma mais icônica de todas é a coluna. As colunas são partes muito importantes das estruturas clássicas, especialmente na fachada ou na frente, muitas vezes era preenchidas com relevos e estátuas.

Os gregos construíram quase que exclusivamente em colunas verticais e telhados planos, mas os romanos levaram a arquitetura um passo adiante. Ao usar arcos, eles reduziram o número de colunas de suporte e permitiram interiores mais espaçosos. O arco é um elemento da arquitetura clássica que é exclusivamente romano, não grego. Os arquitetos romanos usaram materiais fortes que eram mais leves do que a pedra, como concreto, para criar grandes arcos e cúpulas que dispersavam o peso e reduziram a necessidade de estruturas de suporte interior. Quer saber mais sobre Arquitetura Clássica? Acesse a Ancient History Encyclopedia:

http://www.ancient.eu/article/486/

© 2016 MACODESC Construtora e Incorporadora. All Rights Reserved - Design by Tatticas - Desenvolvido por DBlinks